Como evitar imagens granuladas, borradas ou pixeladas

Embora nossas ferramentas de criação sinalizem se uma imagem tiver baixa resolução, é impossível identificar e sinalizar problemas como granulação ou imagens borradas, pixeladas ou com compressão. 

Aqui estão algumas dicas para ajudar você a revisar e ajustar suas imagens antes de imprimir, de modo a evitar fotos granuladas, borradas ou pixeladas no seu livro.

Faça o teste a 200% 

As imagens podem parecer boas à distância ou quando visualizadas em uma câmera ou telefone, mas um close-up revelará quaisquer falhas. Se você tiver dúvidas sobre a qualidade da imagem, use um programa de visualização de fotos para ampliar a imagem para 200% e ver como se parece. (Se você está carregando um PDF para a Blurb, pode fazer o mesmo teste com o PDF).

Esta é uma verificação útil para qualquer imagem, mas recomendamos que você execute o teste a 200% em todas as imagens que converter de outras fontes, como um documento PDF ou Word, ou quaisquer imagens digitalizadas.

Como ampliar para 200%

No Mac: dê zoom com previsualização e siga essas instruções.

No Windows: siga os passos abaixo para ampliar uma imagem.

  • Para alterar o nível de ampliação, na tira de filme ou Visualização Única, use o controle deslizante de zoom Picture1.png
  • Para visualizar uma imagem em uma porcentagem específica, na tira de filme ou visualização, clique na seta Picture2.png ao lado da caixa de Zoom na barra de ferramentas padrão e selecione a configuração desejada

Se estiver visualizando um PDF, recomendamos o uso do Acrobat Reader.

Se a imagem parecer nítida e não granulada em 200%, então deverá ter boa aparência na impressão. (Veja o exemplo das imagens abaixo).

Isenção

Embora o teste de 200% seja útil, seu livro impresso da Blurb é o verdadeiro teste final. (O teste a 200% não pode informar se a imagem é muito escura para imprimir bem, por exemplo). Se você planeja encomendar várias cópias, deve sempre encomendar uma única cópia de prova impressa pela Blurb e revisá-la primeiro.

E se a imagem não parecer bem a 200%?

Se as imagens originais parecerem granuladas, borradas, pixeladas ou irregulares a 200%, terão essa aparência (ou pior) na impressão. Não há nenhuma maneira perfeita de corrigir imagens originais de má qualidade. Tentar corrigir as imagens (tratando-as no Photoshop, por exemplo) pode até piorar o resultado.  

A melhor solução é garantir que as imagens originais sejam o mais nítidas e claras possível.

Como evitar imagens granuladas, borradas ou pixeladas

1. Evite uma configuração ISO alta em sua câmera

Ao tirar fotografias, certifique-se de que a configuração ISO da câmera não seja muito alta. Ao manter a configuração ISO o mais baixo que a iluminação permitir, você irá minimizar o risco de ter imagens granuladas.

Não há configuração mágica e cada câmera lida com ISO um pouco diferente, mas como regra geral, quanto maior o ISO, maior a probabilidade de haver ruído digital e granulação de imagens. 

2. Evite usar imagens de baixa resolução

Embora as imagens de baixa resolução possam parecer boas no seu monitor, dependendo do tamanho em que são ampliadas para caber no livro impresso, podem perder qualidade na impressão. Nossos programas de diagramação de livros irão alertar quando uma imagem tiver uma resolução baixa.

Se o aviso de baixa resolução for exibido, reduza o tamanho da imagem na página até que o aviso desapareça. (Lembre-se, o aviso de baixa resolução só verifica o tamanho da imagem. Não pode detectar borrão, granulção, pixelização ou imagens escuras).

3. Estabilidade

Uma causa comum de imagens borradas é agitação da câmera. Você pode evitar esse problema estabilizando a câmera com um tripé. Além disso, usar a configuração do timer na câmera ou de acionamento do obturador por controle remoto pode ajudar a eliminar o tremor.

Se estiver filmando com um telefone, você é o tripé! Mantenha-se o mais firme possível.

4. Foco, foco, foco

Ao tirar fotos, não se esqueça de se concentrar no elemento fotografado. Imagens fora de foco não vão imprimir bem. Se estiver fazendo fotos de pessoas, o consenso geral é certificar-se que os olhos da pessoa fotografada têm prioridade no foco.

Exemplo de imagens 

Essa é uma captura de tela de uma imagem vista a 100%. Não parece tão ruim à primeira vista ...

wall_100.png

... mas aqui está a mesma imagem ampliada para 200%. Observe como ela é realmente embaçada ou como nada está realmente em foco. Vai parecer ainda mais borrada na impressão.

200_percent_wall2.jpg

Aqui está outra imagem, mais nítida, em 100%.

hat_100.jpg

Aqui está a mesma imagem ampliada na área do chapéu. Observe que continua nítida, com linhas claras e sem granulação acentuada, ao contrário do outro exemplo. 

hat_200.png

Tem mais dúvidas? Envie uma solicitação
Faça o Acesso